No Blood No Bone No Ash!

Por KudzaKlan em

Sigo as vibrações que a minha essência origina, fui, sou, e continuo a ser, origem divina. Somos instrumentos de recriação, trazemos a vida, toda vida amor e compreensão.

Os meus sentimentos descolam como naves espaciais, o objectivo e a lua porque a terra é para insentimentais, procuro diligenciar as minhas emoções, palavras produzem repetições de histórias que o mundo nunca presenciou, diferentes detalhes, diferentes razões mas os resultados, Todo como o Eterno Profetizou.

Vivemos como se nunca fossemos morrer, e morremos como se nunca tivéssemos vivido, é como acordar que um sonho que nunca tivéssemos adormecido, é no momento de genoflexão, que avisto a contemplação, as minhas lágrimas presenciam a angústia da minha agonia, agora sinto o que a tristeza sente, sempre a alegria rouba o seu dia.

Kudza